Notícias
< voltar

Página Cinco: literatura online para todos os gostos

26/11/2018

Página Cinco: literatura online para todos os gostos

Com uma audiência de 350 mil leitores por mês, blog do jornalista Rodrigo Casarin dá posição de destaque às diversas formas de literatura: dos clássicos aos fenômenos editoriais que sustentam o mercado O Página Cinco nasceu para ser um espaço exclusivamente dedicado aos livros dentro do Uol. De acordo com o fundador do blog, o jornalista Rodrigo Casarin, a ideia principal é sempre encontrar boas pautas - e boas histórias - que de alguma forma dialoguem com algum livro. “O maior objetivo desde o início era mostrar que um blog dedicado a livros pode ter uma audiência significativa, o que vem sendo alcançado. Consequentemente, a plataforma acaba sendo um meio para incentivar a leitura no país”, diz. Casarin é especialista em jornalismo literário. Além disso, colabora ou já colaborou escrevendo principalmente sobre o universo da literatura com veículos como Valor Econômico, Aventuras na História, Carta Capital, Revista da Cultura, Revista Continente, Suplemento Literário Pernambuco, Calle 2 e Jornal Rascunho. Colaborava para a editoria de Entretenimento do Uol escrevendo sobre livros quando recebeu o convite de um dos editores para tocar um blog sobre o assunto e aceitou. “O Página Cinco fala de livros. Dos clássicos aos últimos sucessos comerciais, dos impressos ao e-books, das obras com letras miúdas, quase ilegíveis”, declara na descrição do espaço. A vasta experiência permite a Casarin dar ao Página Cinco um grande diferencial, se comparado a outros blogs literários: a maneira abrangente como lida com o livro. “No blog trato desde a literatura presente nos grandes clássicos até fenômenos editoriais que servem essencialmente para sustentar o mercado”, diz. E o jornalista parece estar agradando muito. Desde sua estreia no Página Cinco, a audiência aumentou 35 vezes, passando de 10 mil leitores por mês para 350 mil. “O que chama a atenção nesse projeto é o reconhecimento crescente que Rodrigo Casarin, seu autor, tem ganhado nos últimos anos. Ele tem sido frequentemente convidado para mediações, bancas de prêmios literários e eventos Brasil afora”, diz Leonardo Neto, membro da comissão de avaliadores do Prêmio IPL. “Além disso, o jornalista é atento a assuntos triviais que podem dialogar com a literatura”.



Você também pode gostar