Notícias
< voltar

Fafá Conta histórias para crianças

27/11/2018

Fafá Conta histórias para crianças

A atriz e contadora de histórias Flávia Scherner, de Curitiba, mantém um canal no Youtube e, semanalmente, disponibiliza vídeos contando histórias de forma criativa utilizando um boneco de pano criado por ela: o Lelê. Com o uso da imaginação e criatividade esse boneco se transforma em inúmeras coisas pra contar uma boa história O Fafá Conta surgiu com a proposta de levar conteúdo de qualidade no YouTube para crianças. Desde a estreia do canal, o foco tem sido a literatura infantil. Como a internet apresenta uma infinidade de opções de produtos e serviços para serem consumidos por elas, Flávia faz um trabalho sério de curadoria que visa oferecer conteúdo de qualidade na internet para os pequenos.“Criei o canal Fafá Conta em 2015 e sou encarregada por toda a produção dele. Seleciono as histórias, dirijo, edito, cuido das mídias sociais, da parte gráfica”, diz Flávia.  No início do Fafá Conta, a ideia de Flávia era veicular um vídeo por semana no qual fosse contada uma história para o público infantil. Com o tempo, a periodicidade e os temas dos vídeos aumentaram. Também foi criado um blog para divulgação de boas histórias e livros para as crianças. “Eu conto histórias tocantes, que me divertem e me inspiram. Conto aquelas histórias que eu acho que são importantes de serem compartilhadas”, afirma. “O Lelê, o boneco que utilizo nas contações e que faz parte do meu cenário, também é criação minha”. Hoje o canal do Youtube de Fafá reúne cerca de 150 histórias e mais de 41 mil inscritos. A média mensal é de 107 mil visualizações, e este número vem aumentando, assim como o número de inscritos (mais de 2 mil novas inscrições por mês). Além de possibilitar o uso dos vídeos como material de apoio por escolas, o esforço do canal tem garantido a participação de Flávia em feiras literárias e diversos eventos voltados às crianças pelo Brasil. “O maior mérito da iniciativa é a expressividade da apresentadora, que mantém o projeto com grande energia. A dinâmica que ela estabelece é leve e divertida, e a seleção das histórias muito bem feita, tendo por referência livros de qualidade”, diz Manuel da Costa Pinto, membro da comissão avaliadora do Prêmio IPL.



Você também pode gostar