Notícias
< voltar

Prêmio IPL: dicas da selecionadora Sandra Medrano

26/08/2019

Prêmio IPL: dicas da selecionadora Sandra Medrano

Coordenadora pedagógica da CE Cedac conta o que ela avalia ao ler os projetos das bibliotecas inscritas no Prêmio IPL  Quais os principais requisitos/atributos que você considera para avaliar um projeto como exitoso e indicar como finalista do Prêmio IPL? Um dos pontos principais é a concepção de leitura, de livro e de leitor em que se fundamenta o projeto. Isso significa considerar a arte, a cultura e o indivíduo como centrais e protagonistas. Além disso, a consistência e coerência em relação ao que se propõe realizar, a metodologia utilizada e os resultados que se alcançam ganham destaque para que possamos compreender o projeto e nos aproximarmos ao que realmente se desenvolve. Qual sua orientação para quem for cadastrar seu projeto? O que é imprescindível informar para que o projeto seja reconhecido e bem avaliado ? Primeiro, preencher de forma clara e objetiva os campos indicados na plataforma. Caso tenha informações que ultrapassem os limites, disponibilizar os dados complementares como orientado na plataforma.  Também fornecer imagens e notícias sobre o projeto que estejam disponíveis na internet ajudam a compor o conceito do projeto. Em geral identificamos dificuldade para apresentarem os objetivos. Qual dica daria para ajudá-los na formulação do objetivo geral e dos objetivos específicos Isso se relaciona à clareza e à objetividade que comentei na questão anterior. Nem sempre o que é preenchido tem relação com o que é solicitado. Em relação aos objetivos, se fazer perguntas como: “com o desenvolvimento das ações do projeto, o que esperamos atingir?”, “por que e para que fazemos o que fazemos?”, “qual nossa meta ao desenvolver esse projeto?”. As respostas às essas indagações podem auxiliar na definição dos objetivos.  Além disso, organizar os dados por escrito e compartilhá-los com pessoas que possam ser críticas em relação à forma de organização e explicitação das intenções, pode ajudar muito O que será avaliado em metodologia?  Em relação à apresentação dos dados, seja ela de metodologia ou de qualquer outra informação, é necessário considerar que o avaliador não conhece o projeto. E nesse sentido, organizar as informações de maneira que a “narrativa” possibilite que, à distância, o/a selecionador/a possa mergulhar no projeto, entender como ele funciona. É como ser um guia virtual na descrição dos passos de desenvolvimento, destacando as sequências e os pontos mais relevantes. Como o/a avaliador/a analisa os resultados apresentados?  Devem estar relacionados aos objetivos definidos para o projeto? Sim, os resultados devem estar relacionados aos objetivos previstos. Isso não significa apenas indicar nos resultados que os objetivos foram alcançados. Mas sim, apresentar uma reflexão sobre eles. Pode ocorrer de os resultados superarem o que havia sido previsto. E isso é muito bom, e pode ser destacado como resultados não previstos mas também alcançados. Também pode ocorrer que os resultados, por algum motivo, não tenham sido alcançados como almejados nos objetivos. É importante a consciência do porquê isso ocorreu e a forma como está sendo tratado, seja para redirecionar propostas e metodologias, seja inclusive, para rever os objetivos iniciais. O importante é que os dados apresentados revelem um projeto vivo, pulsante, que mostrem reflexões e aprofundamentos e que, assim, colaborem com a construção de mais conhecimentos em relação à formação de leitores, na variedade de formas e possibilidades que os projetos inscritos apresentam.



Você também pode gostar