Notícias
< voltar

LIBRIS - Laboratório do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca

04/11/2019

LIBRIS - Laboratório do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca

Em Goiânia, a biblioteca-laboratório funciona tanto como local de empréstimo e consulta de acervo quanto campo de experiências pedagógicas para alunos de Biblioteconomia e Pedagogia da UFG Na Universidade Federal de Goiás, mais especificamente na Faculdade de Informação e Comunicação, onde funciona o curso de Biblioteconomia, funciona o LIBRIS - Laboratório do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca. O laboratório se organiza para oferecer o acesso à bibliotecas destinadas ao público escolar, infantil, e jovem, com uma infraestrutura que resgate a importância da biblioteca como equipamento social indispensável na formação do indivíduo Atualmente, o LIBRIS congrega três bibliotecas: a Biblioteca Escolar Modelo (Educação Infantil e Creche), a Biblioteca Escolar Modelo da Faculdade de Educação da UFG/NUFOP (Núcleo de Formação do Professor) e a Biblioteca Infantil e Juvenil do Grande Hotel/Secretaria Municipal de Cultura de Goiânia, que atende o trabalhador dos transportes públicos no eixo Norte-Sul. O laboratório está organizado para oferecer o acesso à bibliotecas destinadas ao público  amplo, com uma infraestrutura que resgate a importância da biblioteca como equipamento social indispensável na formação do indivíduo. E, em contrapartida, os bolsistas, estagiários e alunos dos curso de biblioteconomia e pedagogia acabam por compreender toda a funcionalidade de uma biblioteca, desde aquisição, passando pelo processamento técnico, organização na estante e empréstimo e elaboração de projetos de incentivo e promoção da leitura. A biblioteca tem se tornado referência no curso da UFG, por não existir nenhum projeto com este molde, voltado ao público infantil, além de possibilitar o contato com as ações a serem desenvolvidas após a formação na atuação profissional Através da experiência laboratorial com a LIBRIS, torna-se possível compreender e estudar as configurações estruturais, técnicas, tecnológicas, organizacionais e de acervo, desenvolvidas  e pautadas no desenvolvimento de modelos que contemplem as especificidades de uma biblioteca, sobretudo em se tratando de uma proposta de inserção no contexto pedagógico, a partir da articulação das necessidades informacionais e das demandas pedagógicas específicas de cada área do conhecimento escolar. “O projeto possui grande valor pela articulação entre formação inicial e atuação profissional, além de efetivar a garantia de acesso a acervo de qualidade”, comenta Sandra Medrano, avaliadora do Prêmio IPL Retratos da Leitura.



Você também pode gostar