Notícias
< voltar

Prêmio IPL 2019: como foi a seleção dos projetos?

05/11/2019

Prêmio IPL 2019: como foi a seleção dos projetos?

Em 2019, o Prêmio IPL Retratos da Leitura recebeu um número recorde de inscrições e se consolidou como uma das celebrações mais importantes a quem promove a leitura no Brasil. Saiba como foi feito o processo de seleção dos finalistas e dos vencedores, etapa a etapa Mais de 200 projetos de fomento à leitura, de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal, foram inscritos na 4º edição do Prêmio Retratos da Leitura, promovido pelo Instituto Pró-Livro, com o propósito de conhecer e valorizar iniciativas exitosas no campo de formação de leitores e do estímulo à leitura, em todas as regiões do país. Dos 216 projetos inscritos, 42 foram selecionados como finalistas da edição de 2019 e estão distribuídos em quatro categorias: Bibliotecas, Cadeia Produtiva, Mídia e Organizações Sociais Civis. Primeira Etapa: Habilitação dos projetos inscritos, pela Comissão Organizadora. O IPL contou com o trabalho de uma curadora, que foi responsável por validar ou não os inscritos, de acordo com o regulamento. Depois disso, os projetos habilitados foram distribuídos à Comissão de Avaliadores, que analisou os inscritos a partir de critérios objetivos (tais como metodologia, sustentabilidade, impacto e potencial de replicabilidade) e atribuiu nota para cada um dos quesitos. Segunda Etapa: Análise dos projetos habilitados e seleção dos finalistaspela Comissão de Avaliadores. A Comissão de avaliadores que selecionou os finalistas era formada por especialistas que representam as categorias do Prêmio: Bibliotecas – Adriana Cybele Ferrari, presidente da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições (FEBAB); Neide de Almeida, secretária executiva da Rede LEQT ; Renata Costa, da consultoria Palavralida e Sandra Mendrano, coordenadora pedagógica da Comunidade Educativa (CEDAC). Cadeia produtiva – Vera Esaú, gerente de relacionamento da Câmara Brasileira do Livro (CBL) e Vanessa Espíndola (Instituto Ecofuturo). Mídias – Leonardo Neto, editor do Publishnews e Manuel da Costa Pinto, jornalista da Folha de S.Paulo. OSCs – José Alves, do Núcleo de Tecnologia e Educação do Cenpec e Patrícia Diaz, diretora de Desenvolvimento Educacional da Comunidade Educativa (CEDAC). Em duas reuniões realizadas no IPL, os avaliadores debateram os projetos concorrentes e elegeram, juntos, os 42 finalistas. Sobre os projetos inscritos nesta edição, a avaliadora Patrícia Diaz observa: “Vimos projetos consistentes em diferentes estados brasileiros, e o que mais me emocionou nesta seleção de finalistas foi o impacto positivo destes nas regiões em que atuam. São transformações grandiosas que acontecem através da leitura”. Terceira Etapa: Seleção dos premiados entre os finalistas, pela Comissão de Jurados. A Comissão de Jurados recebeu os nomes e as informações sobre os projetos finalistas e, em reunião realizada no IPL, definiu os vencedores, que serão conhecidos no dia 04 de dezembro, na cerimônia do Prêmio IPL Retratos da Leitura.



Você também pode gostar