Notícias
< voltar

Revista Pessoa

10/11/2019

Revista Pessoa

Publicação se destaca por sua curadoria de conteúdos literários e uso da tecnologia para oferecer acesso por vários dispositivos e para possibilitar a compra avulsa de artigos. Projeto é finalista da categoria mídias do Prêmio IPL A Pessoa é uma plataforma de criação e divulgação da literatura de língua portuguesa. Evoca um dos maiores poetas de todos os tempos para promover a experiência de leitura literária, com todas as suas imbricações políticas e estéticas. Reflete sobre o contemporâneo. Aposta na dessacralização da leitura. Organiza antologias e leva autores brasileiros para vários países do mundo, projetando a nossa literatura no circuito internacional, com forte reverberação interna.  Segundo a fundadora da revista, Mirna Queiroz, a Pessoa surgiu momento em que mercado editorial brasileiro sofre um revés, com fechamento de livrarias, queda na produção de livros e o achatamento da cobertura de livros na imprensa. "A Pessoa surgiu garantir um espaço de criação, informação e reflexão", diz Mirna. "A Revista Pessoa buscou ser referência no cenário editorial, intensificando e diversificando a produção de conteúdo e expandindo a sua esfera de ação. Voltou-se tanto para leitores cultivados, quanto para os que ainda não sabem que podem vir a gostar de ler".  Polifônica, a revista divide-se em várias seções que dão acesso a uma visão abrangente da produção literária atual. Apresenta obras de escritores de dicções e traços variados, numa clara valorização da pluralidade. É pioneira na articulação regular com autores de outros países de língua portuguesa, partilhando aspectos da herança dada pela língua e formando um importante acervo da literatura lusófona. Alia digital ao impresso e à mediação presencial entre autores e leitores. "A revista adquiriu prestígio no meio literário não apenas brasileiro ao contar com vários colaboradores de outros países, constituindo um espaço de diálogo da lusofonia", diz Manuel da Costa Pinto, selecionador do Prêmio IPL. ˜Segue uma linha editorial com referências nos estudos culturais, ou seja, dá ênfase aos critérios identitários na escolha de temas/colaboradores". A Pessoa tem três princípios básicos: incentivo ao hábito de leitura, intercâmbio entre os povos da comunidade lusófona e a promoção da nossa literatura no exterior. Firma-se como espaço de democratização do acesso à produção literária de língua portuguesa no mundo. Equilibra o rigor com a ampliação de públicos, privilegiando o leitor comum, o verdadeiro artífice da palavra. Além de promover a bibliodiversidade, o projeto assume sua vocação para a responsabilidade social, com a organização de eventos gratuitos e a abertura de todos as publicações pelo prazo de 24 horas. Também promove campanhas de assinatura gratuita para educadores e agentes culturais, como a realizada com o Museu da Língua Portuguesa. Integra também novos meios tecnológicos, por meio da oferta de acesso por vários dispositivos e de um sistema que permite a compra avulsa de artigos. Por conta de todas essas ações, a revista Pessoa apresenta um número crescente de leitores a cada ano. Apenas em 2018 alcançou 280 mil leitores de todo o mundo. Se tornou referência na cobertura de literatura de língua portuguesa, e por isso, é adotada por departamentos de língua e literatura de língua portuguesa de diversas universidades no mundo. 



Você também pode gostar