Notícias
< voltar

Conversações - Literatura em movimento!

10/11/2019

Conversações - Literatura em movimento!

Utilizando uma linguagem simples e descontraída, Conversações tem como protagonistas leitores comuns e como cenário a rua. Iniciativa da Rede Minas de TV é finalista do Prêmio IPL Retratos da Leitura Utilizando uma linguagem simples e descontraída, Conversações tem como protagonistas leitores comuns e como cenário a rua. Iniciativa da Rede Minas de TV é finalista do Prêmio IPL Retratos da Leitura O programa nasceu com a intenção de dessacralizar a literatura, mostrar como ela está presente no cotidiano; que pode e deve ser agradável, sem ser banal; a importância na formação do indivíduo, da cidadania, das carreiras e cultura geral. A primeira temporada do programa estreou na Rede Minas de TV em 03 de dezembro de 2017.  O Conversações tem diversas peculiaridades que o torna realmente único entre tudo o que se produz nas mídias tradicionais sobre literatura: é um programa sobre o tema cujo protagonista/personagem é o leitor comum e não escritores ou intelectuais, inseridos em espaços públicos das cidades - ruas, avenidas, praças, parques, bibliotecas, escolas, feiras. Com essa fórmula, Conversações aproxima a TV e a literatura do público, fazendo o cidadão comum se reconhecer na programação. E claro, literatura é educação. Logo, o programa também tem esse viés educativo.  Produzindo programas em que a experiência literária dos entrevistados sirvam como motivador para os telespectadores e internautas, o Conversações já têm duas temporadas produzidas entre os anos de 2017 e 2019 que, juntas, possuem 26 episódios. Para produção e realização do programa em todas as suas etapas a equipe foi composta pelo idealizador, Cláudio Henrique Vieira, também acumula as funções de: produtor, roteirista, diretor,  apresentador e editor de texto; dois fotógrafos, um editor de imagens que também acumulou a função de operador de áudio. Durante esses dois anos, o programa já vem tendo retornos significativos da audiência seja pelo teleatendimento da emissora, e-mails recebidos, mensagens nas redes sociais, feedback dos personagens, escritores, professores, escolas, livrarias e editoras. 



Você também pode gostar