Notícias
< voltar

Nas margens: literatura dos encontros

30/07/2018

Nas margens: literatura dos encontros

Fundação Tide Setubal apoia e fortalece calendários, autores, coletivos e iniciativas que promovam a literatura nas periferias da cidade Uma conversa sobre a literatura periférica e negra paulistana, que desde os Cadernos Negros até a constituição dos os saraus constroem significados positivos para as identidades negras. Ao mesmo tempo em que serão levantadas as intersecções atuais e ancestrais com a produção literária de países africanos. Literaturas que promovem o encontro e garantem visibilidade aos corpos negros e audiência a discursos produzidos por sujeitos em primeira pessoa. Ganhos simbólicos que garantem avanços políticos pela consolidação de referências artísticas, intelectuais e políticas orientadas para a contestação dos marcos de exclusão impostos às periferias e a população negra. Um boa conversa entre Neide Almeida (escritora e coordenadora do Núcleo de Educação do Museu AfroBrasil), João Canda (autor angolano e diretor executivo da Literáfrica) e a autora camaronesa Alexandrine Biyouha com o objetivo de identificar diferenças e similaridades entre os movimentos poéticos contemporâneos de países africanos e da literatura periférica paulistana. Serviço Nas margens: literatura dos encontros Quando: 09 de Agosto Horário: das 19h até 22h Onde: Livraria Tapera Taperá (Galeria Metrópole - 2º andar - Av. São Luís, 187 - Centro)  



Você também pode gostar