Notícias
< voltar

Finalistas Prêmio IPL - categoria OSCs

12/11/2019

Finalistas Prêmio IPL - categoria OSCs

Conheça os projetos finalistas da categoria OSCs do Prêmio IPL 2019 e saiba como eles contribuem efetivamente para a formação de novos leitores em seus territórios de atuação por meio de estratégias bastante distintas e criativas Que uma iniciativa de promoção à leitura bem sucedida precisa ir bem além da simples distribuição de livros muita gente já sabe. No entanto, conseguir sistematizar metodologias em um projeto claro, efetivo, que forma leitores, que seja sustentável e com alto poder de replicabilidade é um grande desafio. E são justamente eles elementos que todos os finalistas da categoria OSCs têm em comum. "A principal característica de um projeto de incentivo à leitura é a sua capacidade de chegar à população, acontecer efetivamente na ponta e estimular o hábito leitor entre os brasileiros e as brasileiras", diz José Alves, selecionador do Prêmio IPL. Especialmente em 2019, o Prêmio IPL recebeu inscrições de projetos que trabalham em perspectivas diferentes: com população privada de liberdade, que priorizam a questão da acessibilidade, com escolas. "Vimos uma gama grande de maneiras de chegar ao público leitor e acreditamos que elas estejam contempladas entre os finalistas", diz Patrícia Diaz, selecionadora da categoria. Conheça as Organizações Sociais Civis finalistas de 2019: Biblioteca Comunitária Pró-Saber A Biblioteca Comunitária Pró-Saber SP foi fundada em 2015, em Paraisópolis, a segunda maior comunidade de São Paulo. Em março de 2019 a biblioteca foi expandida, pois a demanda de novos leitores crescia mais do que o espaço conseguia comportar. O acervo literário é infantojuvenil, mas o espaço recebe diariamente leitores de todas as idades. Espaço de Leitura O Espaço de Leitura, projeto de incentivo à leitura – foi criado em julho de 2010 no Parque da Água Branca, se consolidando como uma importante ação sociocultural e educativa. O projeto tem três principais focos de atuação: o ‘núcleo educativo’, que atende grupos de instituições educativas e sociais públicas; o ‘núcleo cultural’, que oferece oficinas e apresentações artísticas; e o ‘núcleo de acervo’, responsável pelo acervo de livros disponíveis ao público. Festival Nacional Icozeiro O Concurso Literário Icoense (CLIC) Poeta José de Oliveira Neto foi criado para ampliar a ação do Festival Nacional Icozeiro - Festival da Cultura Icoense, projeto gratuito de artes integradas que ansiava, a nível local, de ações no âmbito da literatura e que ofertasse a profusão e o intercâmbio literário entre produções textuais locais, regionais, nacionais e internacionais, nas categorias Poesia, Conto, Crônica e Cordel. História Viva Ouvir e Contar Iniciativa promove seções de contação de histórias em hospitais, em lar de idosos, em lar de crianças vítimas de violência e organiza espetáculos de histórias vivas dramatizadas.  Leitura em Todos os Cantos O projeto visa favorecer o acesso à leitura e informação para o público com deficiência, a partir da disponibilização gratuita de livros nos formatos acessíveis, da mobilização de Redes de Leitura Inclusiva em cada Estado que pautam e promovem agendas culturais com acessibilidade e da realização de pesquisas sobre o cenário da leitura acessível no Brasil. O Contágio Pela Leitura Projeto se constitui como uma tentativa de formar leitores e multiplicadores de leitura no município de Água Nova, no interior do Rio Grande do Norte. O projeto  conta com um ponto de leitura, o que aberto diariamente e atende, aproximadamente, 150 crianças e adolescentes, visto que não há distinção de público. Palavras Que Libertam O Projeto Palavras que Libertam foi criado e desenvolvido para fomentar a leitura e dar vida às bibliotecas dentro do DEGASE - Departamento Geral de Ações Socioeducativas do Estado do Rio de Janeiro. O Projeto criado pelo escritor e produtor cultural Binho Cultura, idealizador da Festa Literária da Zona Oeste (FLIZO), atua desde 2014 com foco em estimular jovens, em cumprimento do regime socioeducativo, a reescreverem suas histórias de vida. Projeto Escolas do Sertão O Escolas do Sertão nasceu para criar melhores perspectivas de educação para crianças que vivem em regiões de extrema vulnerabilidade social, potencializando sua capacidade de criar o futuro com liberdade e autonomia, por meio da construção de bibliotecas e da formação continuada de professores. Já foram entregues 2 bibliotecas, beneficiando mais de 2500 crianças e adolescentes, e realizados 14 ciclos de formação, num total de 224h e 200 professores beneficiados. Rede Beija-Flor Associação da sociedade civil atua no campo do direito à literatura, como direito humano fundamental de todos. Incentiva a criação e disseminação de pequenas bibliotecas vivas enraizadas em territórios vulneráveis de Santo André. O desafio: agir para fazer das bibliotecas, comunitárias, públicas ou escolares, lugar de encontro de pessoas, consigo mesmo, com o outro, com outros mundos.  Rede Loucos por Leitura A Rede Loucos por Leitura é uma iniciativa que articula com representantes de 16 pontos de leitura escolares e comunitários em bairros e distritos de Mariana, voltados para a promoção do livro e da leitura. Atua coletivamente por meio de ações sistematizadas que visam intercambiar experiências dos participantes e fortalecer práticas que estimulem crianças, adolescentes e jovens a cultivar o hábito da leitura.



Você também pode gostar