Notícias
< voltar

Casa Hilda Hilst - FLIP 2018

23/07/2018

Casa Hilda Hilst - FLIP 2018

Pela primeira vez, o autor homenageado da Flip terá uma casa em Paraty. Apresentada por Instituto Hilda Hilst (IHH), Hysteria e Companhia das Letras, a Casa Hilda Hilst funcionará de 25 a 29 de julho em frente à Praça da Matriz. Oficinas, mesas, saraus e uma exposição com conteúdos inéditos sobre a autora compõem a intensa programação do espaço. Uma exposição de vídeos captados por Hysteria mostrarão os cantinhos da mítica Casa do Sol – a chácara em Campinas onde Hilda morou de 1966 até morrer, em 2004 –, desenhos inéditos de Hilda, depoimentos de amigos íntimos e uma performance da atriz Tainá Muller, que se prepara para viver a autora no cinema e nos guia por um passeio pela Casa do Sol caracterizada como Hilda pela primeira vez. A casa conta também com uma loja-conceito da Livraria da Travessa e um bar batizado de Bar do Bico em alusão a um trecho do livro Cartas de um Sedutor. Confira a programação completa! Programação Casa Hilda Hilst: Quarta (dia 25) 18h às 2h – Abertura do Bar Bico Quinta (dia 26) 10h – Oficina: A escrita performática ou o corpo da palavra (com Donizeti Mazonas) 13h às 15h – Mesa “Casa do Sol e a família eletiva: Amigos próximos contam o dia a dia com Hilda” (mediação: Tainá Mulller; participação; Olga Bilenky, Leusa Araújo e Jurandy Valença). 15h – Abertura do Bar do Bico 18h às 20h – Mesa “Sou inteira poeta” (mediação: Luciana Araújo Marques; participação: Ricardo Domeneck, Laura Erber e Gutemberg Medeiros). 20h às 2h – Sarau Sexta (dia 27) 10h – Oficina: O fluxo narrativo (com Donizeti Mazonas) 13h às 15h – Mesa “Hilda chega ao público” (mediação: Paulo Werneck; participação: Ana Lima Cecílio, Gutemberg Medeiros e Alice Sant’Anna) 15h – Abertura do Bar do Bico 18h às 20h – Mesa “A prosa de Hilda transbordando” (com Donizetti Mazonas e Eduardo Nunes) 20h às 2h – Sarau Sábado (dia 28) 10h – Oficina: O ritmo e a respiração no texto de Hilda (com Donizeti Mazonas) 13h às 15h – Mesa “Casa do Sol: Vida, obra e legado que habitam entre o pátio e a figueira” (mediação: Agnaldo Faria; participação: Daniel Fuentes e Mauro Munhoz). 15h – Abertura do Bar do Bico 18h às 20h – Mesa “O sagrado e o profano em Hilda Hilst” (mediação: Mirna Quietoz; participação: Eliane Robert de Moraes e Zélia Duncan). 20h às 2h – Sarau Domingo (dia 29) 10h – Oficina: Uma Hilda em múltiplas vozes (com Donizeti Mazonas) 13 às 13h30 – Mesa “Hilda: do silêncio à música” (participação: Leonardo Martinelli) 13h30 – Mesa “Cartas: A intensa troca literária de Hilda com Caio Fernando Abreu e José Luis Mora Fuentes” (mediação: Ana Lima Cecílio; participação: Leandro Esteves, Ítalo Morriconi e Jeanne Callegari). 15h às 18h – Abertura do Bar do Bico  



Você também pode gostar