Notícias
< voltar

Lançamento da Retratos da Leitura em Bibliotecas Escolares

07/08/2018

Lançamento da Retratos da Leitura em Bibliotecas Escolares

Instituto Pró-Livro convida professor Sérgio Firpo (do Insper) para apresentar primeiros resultados da pesquisa que vai apontar as condições e os desafios da integração das bibliotecas ao currículo escolar Com o objetivo de provocar um debate sobre as condições que devem ser garantidas para que as bibliotecas escolares sejam efetivas em seu objetivo de ser um espaço de aprendizagem integrado com ao currículo escolar, na promoção da leitura e na melhora do desempenho dos alunos em suas habilidades e competências em língua portuguesa, o Instituto Pró-Livro anunciou a realização da pesquisa “Retratos da Leitura em bibliotecas escolares”, que será aplicada pelo Insper e pelo Instituto OpeSociais. Para celebrar o lançamento oficial do estudo, o IPL realizou um painel de discussões na Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Na ocasião, Luís Torelli (presidente do IPL e CBL), Wilson Troque (Coordenador programas do livro do FNDE/MEC , Ângelo Xavier (vice presidente da Abrelivros) e Regina Céli de Sousa (Conselho Regional -CRB8) destacaram a importância desse estudo para orientar politicas publicas  e os programas que promovem o acesso ao livro. Apresentaram o projeto  e primeiros resultados: Sergio Firpo (coordenador da pesquisa pelo Insper) e Zoara Failla (coordenadora da pesquisa pelo IPL). Educadores, pesquisadores  e representantes da área da Biblioteconomia debateram o assunto e avaliaram a relevância de um estudo  como esse.  Participaram  desse debate : Bernadette Campello (UFMG), Adriana Ferrari e Cláudio Marcondes (FEBAB);  Christine Fontelles (Programa “Eu Quero Minha Biblioteca”)  e  Helen de Castro S. Casarin (da UNESP), . Retratos da Leitura em Bibliotecas Escolares A pesquisa terá como objetivo orientar políticas públicas e investimentos voltados à instalação e manutenção de bibliotecas escolares, para que elas se constituam em espaços de aprendizagem integrados ao currículo escolar. "As escolas convidadas a participar do estudo foram selecionadas com base na performance de seus alunos da 5ª série, em português, na Prova Brasil (2015)", diz Firpo. "Identificamos os melhores resultados em instituições que declararam ter bibliotecas ou salas de leitura, entre outros impactos importantes que serão aprofundados na pesquisa em campo. Ao todo são 500 escolas distribuídas em 17 estados e em  todas as regiões brasileiras". Como funcionará a pesquisa? Serão aplicados três questionários: ao diretor (ou coordenador pedagógico), ao professor de português e ao responsável pela biblioteca ou sala de leitura.

Para conhecer os destaques desse debate promovido pelo IPL, clique aqui .



Você também pode gostar