Notícias
< voltar

Diversos - livros acessíveis e inclusivos

24/08/2018

Diversos - livros acessíveis e inclusivos

Recursos de acessibilidade reunidos em uma mesma obra apoiam a leitura das pessoas com e sem deficiência e ampliam o acesso à literatura Neste mês, foi sancionada a Política Nacional de Leitura e Escrita (Lei 13.966/18), que prevê a universalização do direito de acesso ao livro, à leitura, escrita, literatura e às bibliotecas no país. A Política estabelece entre seus objetivos o fortalecimento das bibliotecas públicas e de outros espaços de incentivo à leitura, a ampliação de acervos físicos e digitais e a garantia do acesso das pessoas com deficiência às obras literárias.  A pauta sobre livros acessíveis ainda é muito nova em nosso país e costuma ser vinculada apenas à produção destinada ao público com deficiência visual (impressão em Braille ou audiolivro). Contudo, existem outros formatos desenvolvidos com o objetivo de equiparar as oportunidades das pessoas com distintas deficiências e características no acesso ao livro, à leitura e à literatura. A edição em múltiplos formatos acessíveis permite, por exemplo, que uma mesma obra seja desfrutada ao mesmo tempo por uma pessoa cega e outra com deficiência intelectual, reforçando o aspecto inclusivo desse tipo de material.   Com o objetivo de contribuir para essa ampliação das possibilidades por meio dos recursos acessíveis, foi lançado o Diversos, uma ação da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que visa produzir e difundir livros acessíveis no seu mais variado formato, a fim de propiciar o acesso de pessoas com deficiência ao mundo da literatura e, deste modo, contribuir com a equiparação de oportunidades e o fortalecimento das políticas, programas e projetos relativos aos direitos das pessoas com deficiência. O projeto foi desenvolvido em parceria com a ONG Mais Diferenças. Foram produzidos livros em domínio público, que poderão ser acessados por todas as pessoas, e livros proprietários que, segundo a legislação brasileira, podem ser acessados de forma gratuita por pessoas com deficiência. A coleção tem 10 títulos da literatura infantil e infantojuvenil: "Peter Pan", de J. M. Barrie; "A Volta ao Mundo em 80 Dias”, de Júlio Verne; "Frritt-Flacc", de Júlio Verne; "A Bolsa Amarela", de Lygia Bojunga; "Bem do Seu Tamanho", de Ana Maria Machado e "Sei por Ouvir Dizer", de Bartolomeu Campos de Queiros, "Uma Nova Amiga", de Lia Crespo; "Serei Sereia", de Kely Castro; "O Discurso do Urso", de Julio Cortazar e "O Menino no Espelho", de Fernando Sabino. Todas as obras estão disponíveis gratuitamente no site: http://www.cti.org.br.



Você também pode gostar