Notícias
< voltar

A cidade da gente

03/11/2019

A cidade da gente

Com foco no resgate da memória de cidades do interior, projeto lança mão do apoio dos estudantes das escolas públicas locais para escrever livros  Sem memória, um povo é incapaz de seguir adiante e construir seu futuro. A memória constitui um elemento essencial para a construção da identidade das gerações futuras, e ensinar os jovens a preservá-la é reconhecer a inevitável passagem do tempo, bem como a importância de nossa agência para garantir que ela não seja apagada. Com foco na educação patrimonial e no estímulo à escrita e à leitura, a coleção “A cidade da gente” promove uma investigação da história, do dia-a-dia, dos hábitos e das características das pequenas e médias cidades brasileiras, utilizando, para isso, o apoio das crianças de escolas públicas locais. Os livros infantojuvenis produzidos acabam por se tornar uma importante referência local para a construção de conhecimento, já que a sua tiragem e distribuição são gratuitas para as escolas públicas da região, a fim de que façam um uso didático do material. “É um projeto inovador, pois além de incentivar a produção de textos, o idealizador José Santos incentiva e trabalha com o tema do reconhecimento das cidades em foco”, comenta Vera Esaú, avaliadora do Prêmio IPL Retratos da Leitura. E complementa: “A produção dos livros enriquece a auto-estima dos alunos, proporciona diálogo e reconhecimento na comunidade. É um projeto coerente que, apesar de depender de leis de incentivo para seguir,  tem grande potencial de sustentabilidade e replicabilidade.”, complementa.



Você também pode gostar