Notícias
< voltar

Resultados da união de uma comunidade

05/12/2018

Resultados da união de uma comunidade

Idealizada de maneira completamente coletiva, a Biblioteca Wagner Vinício, em Rio das Pedras, zona oeste do Rio de Janeiro, leva o nome de morador do bairro responsável por doar o primeiro exemplar de seu acervo Por Leonardo de Sá Localizada na região de Rio das Pedras, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro, a Biblioteca Comunitária Wagner Vinício foi uma iniciativa da comunidade local surgida a partir da demanda dos moradores, que gostariam de idealizar um espaço em que seus filhos pudessem desenvolver atividades de estímulo à criatividade e à ludicidade nos momentos em que não estavam na escola. Desde 2006, a biblioteca oferece atividades e disponibiliza seu acervo de literatura infanto juvenil e literatura para adultos composto, atualmente, por mais de 5.600 títulos para todas e todos os interessados em adentrar o universo literário. "As estatísticas da biblioteca são surpreendentes”, comenta Dryca Ferrari, membro da comissão avaliadora do Prêmio IPL.O nome da biblioteca é uma homenagem ao jovem Wagner Vinício, um dos primeiros doadores voluntários de exemplares para compor o acervo, morto em decorrência de um acidente de trânsito. A média mensal de empréstimos é de cerca de 215 títulos e a biblioteca já conta com mais de 816 leitoras e leitores cadastrados, além de realizar um contínuo atendimento ao público, que compreende, entre outras atividades, a mediação da leitura, a mediação dos empréstimos, orientação para leituras compartilhadas, contação de histórias, eventos com autores e ilustradores convidados. O conjunto de iniciativas bem como a raridade de espaços como este junto à comunidades da zona oeste do Rio - atualmente, é a única biblioteca do gênero nos arredores - tornam a Biblioteca Comunitária Wagner Vinício não só um exemplo do engajamento comunitário em prol da literatura como um importante e indispensável foco de multiplicação de saberes. O trabalho realizado é fruto de uma parceria entre moradores e profissionais de biblioteconomia, o que resulta em um positivo complemento do saber local com a expertise específica da área. Inicialmente, a arrecadação era exclusivamente de livros de literatura. Com o passar do tempo e o aumento do acervo, foi necessário o emprego de um sistema de catalogação baseado em sistema de cores e fitas, seguido pelo empreendimento de uma série de ações conjugadas cujo intuito era tornar o ambiente da biblioteca mais acessível e aconchegante, para que aqueles que se disponibilizassem a frequentá-la também se sentissem movidos a passar um tempo nela, vivenciá-la como um todo. Os dados decorrentes das ações empreendidas são apenas o resultado de um esforço mútuo e de muita dedicação ao trabalho proposto. Se a motivação para que a Biblioteca Comunitária Wagner Vinício fosse fundada era a preocupação dos pais com o tempo ocioso de seus filhos, hoje já é possível dizer que 70% de seu público é composto por crianças e adolescentes, que demandam um atendimento para cerca de 50 leitoras e leitores diariamente.  



Você também pode gostar