Notícias
< voltar

Você aceita uma xícara de chá?

05/12/2018

Você aceita uma xícara de chá?

O projeto Chá Com Poesia, da Biblioteca Municipal Murilo Mendes, torna os encontros ao redor da leitura e disseminação do gênero mais afetivos e acolhedores, e estimula seu público a se interessar cada vez mais por seus livros e autores. Por Leonardo de Sá A poesia é certamente um gênero literário que requer do seu interlocutor uma escuta sensível, aberta às sensações subjetivas e a tudo aquilo que pode ser expresso com as figuras de linguagem das quais ela lança mão. Na raiz de sua origem, encontra-se a fusão de múltiplas linguagens artísticas como a música e as artes visuais, e, se hoje ela repousa sobre as páginas dos livros como seu suporte primeiro, a verdade é que ela sempre esteve atrelada à transmissão oral de histórias e narrativas, ao encontro entre pessoas e aos rituais de escuta dos trovadores itinerantes. Neste sentido, as cidades modernas carecem de espaços e de encontros em que a poesia possa ser fruída pelos seus interlocutores. Locais em que os rituais se estabeleçam com o seu devido vagar. Desde 2012, a Biblioteca Municipal Murilo Mendes promove o Chá com Poesia, evento mensal gratuito, realizado toda última segunda-feira de cada mês, em que público e poetas se encontram para falar sobre poesia, ler, declamar e discutir poemas e autores em geral. "A atividade promove uma acolhida com o ideia de organizar um chá, além de ser constante e receber um bom público”, comenta Adriana Ferrari, membro da comissão avaliadora do Prêmio IPL. Os encontros acontecem a partir das 19 horas, e a cada edição um novo tema é motivo de inspiração. Em uma mesa, chás e biscoitos são colocados à disposição do público; em outra, livros diversos de poesia, também disponíveis para consulta e doação. Os encontros contam ainda com a presença de um violonista, que executa canções a cada cinco poemas declamados. Ao final, uma singela lembrança é entregue aos participantes: um saquinho de chá com um poema, síntese inequívoca da experiência vivida naquele espaço. Desde que começou a ser realizado, o Chá com poesia ampliou o público da biblioteca em busca deste gênero literário específico: já são centenas de pessoas que procuram a Biblioteca Municipal Murilo Mendes todos os meses em busca de livros desta categoria, e o sucesso do evento motivou inclusive a realização do Chazinho com poesia, com foco no público infantil.  



Você também pode gostar