Notícias
< voltar

Vencedores da terceira edição do Prêmio IPL Retratos da Leitura

11/12/2018

Vencedores da terceira edição do Prêmio IPL Retratos da Leitura

Conheça os grandes homenageados de 2018 em cada uma das categorias: cadeia produtiva, organizações sociais civis, mídia e bibliotecas Lançado desde 2016, pelo Instituto Pró-Livro – IPL, o prêmio tem como objetivo reconhecer e homenagear organizações que promovem o fomento à leitura no país. Em sua terceira edição, a premiação contou com inscrições voluntárias de elos da cadeia produtiva do livro, organizações sociais civis, mídias e bibliotecas (públicas e comunitárias). No total, foram 300 cadastros, mais de cem projetos habilitados para concorrer, 41 finalistas e 12 vencedores. A Comissão de avaliadores que selecionou os finalistas foi formada por especialistas representando as categorias do Prêmio: Adriana Cybele Ferrari, vice-presidente da Febab (Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições), Patrícia Diaz,  diretora de Desenvolvimento Educacional da CE CEDAC, Sandra Mendrano, coordenadora pedagógica da CE CEDAC, Pamela Dietrich R. Unterberger, da FTD, Vera Esaú, gerente de relacionamento da Câmara Brasileira do Livro (CBL), Leonardo Neto, editor do Publishnews, Manuel da Costa Pinto, jornalista da Folha de S.Paulo, José Alves, do Núcleo Tecnologia na Educação do Cenpec e Iracema Nascimento, consultora da Rede LEQT. Em seguida, a comissão julgadora elegeu os vencedores. Os jurados do Prêmio IPL de 2018 foram: Luiz A. Torelli (Presidente do IPL e da Câmara Brasileira do Livro, Marcos da Veiga Pereira (Presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros), Marisa Lajolo, ensaísta, pesquisadora, crítica literária, escritora de literatura juvenil e professora universitária (Mackenzie), Renata Costa, secretária-executiva do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) e Claufe Rodrigues (agitador cultural, poeta e repórter da Globo News Literatura, vencedora categoria mídias em 2016). Com muito orgulho apresentamos os vencedores de 2018: Bibliotecas Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura Origem: São Paulo Ao longo de dez anos de atividades, a biblioteca firma-se como um dos únicos espaços de formação de leitores e disseminação de práticas literárias na região de Parelheiros, em São Paulo. Parnamirim, um Rio que Flui para o Mar da Leitura Origem: Rio Grande do Norte O projeto congrega bibliotecas escolares da rede municipal de Parnamirim, no Rio Grande do Norte, trazendo-lhes atividades de formação para seus jovens leitores e para seus profissionais de mediação. Rede Baixada Literária Origem: Rio de Janeiro Organização promove o fortalecimento das iniciativas em prol da leitura desenvolvidas pelas bibliotecas locais da Baixada Fluminense, mapeando as atividades, compreendendo as defasagens e atuando na superação das mesmas.   Cadeia Produtiva Caravana Teatral do Livro em Cena Origem: Paraná Projeto apresenta um olhar diferente para a literatura nacional, incentivando o engajamento voluntário e despertando o interesse para narrativas nem sempre conhecidas do grande público. Festival Literário Internacional de Poços de Caldas Origem: Minas Gerais Festival eclético, aberto a todas e todos os interessados, com ampla programação gratuita e de caráter abrangente tem por objetivo fomentar a literatura como importante campo do saber em Minas Gerais Programa Myra - Juntos pela Leitura Origem: São Paulo Realizado pela Fundação SM, com o apoio técnica da CE Cedac, o programa promove encontros de leitura em que um voluntário lê com um aluno de uma escola pública, estabelecendo diversos diálogos entre o texto, outros livros e vivências.   Mídias Jornal Joca Origem: São Paulo,  SP Inspirado em modelos de sucesso de todo o mundo, o Joca é escrito com linguagem apropriada para o público infantojuvenil e traz notícias, reportagens, entrevistas e curiosidades sobre assuntos atuais. Quatro Cinco Um Origem: São Paulo,  SP Revista enfatiza o lugar central do livro para o desenvolvimento do indivíduo, da sociedade e para a liberdade de expressão no país, dando visibilidade também às obras que não conseguem concorrer com as grandes editoras comerciais. Vá ler um livro Origem: São Paulo,  SP Com mais de 3 milhões de views desde sua fundação, veículo de mídia com canal no YouTube, website, newsletters e redes sociais aborda a literatura como fonte de educação e como entretenimento.   Organizações Sociais Civis Clube de Leitura Quilombo Mirim Origem: São Paulo Movimento da periferia da Zona Sul de São Paulo concebeu clube de leitura que mudou a realidade de estudantes de uma escola pública da região e transformou a biblioteca da instituição em um ambiente vivo. Leituras na Praça Origem: Ceará O projeto tem como objetivo a formação de leitores, promovendo o hábito da leitura em parques e praças da cidade de Fortaleza. Além disso, promove a revitalização desses espaços públicos, ocupando-os com atividades culturais que atraem frequentadores de forma regular. Piracaia na leitura Origem: São Paulo Iniciativa de moradores da cidade de Piracaia, em São Paulo, incentiva a formação de leitores por meio da instalação de minibibliotecas em pontos de ônibus (com livre acesso a livros,) de saraus mensais, festival literário e agentes culturais mediadores de leitura.  



Você também pode gostar