Notícias
< voltar

PublishNews é finalista do International Excellence Awards

06/03/2019

PublishNews é finalista do International Excellence Awards

Leonardo Neto recebendo a placa e Honra ao Mérito no Prêmio IPL 2017  Organizadores da Premiação que faz parte da Feira de Livros de Londres indicou Leonardo Neto, do PublishNews, como um dos melhores jornalistas que cobrem o setor editorial. Publicação recebeu a Honra ao Mérito no Prêmio IPL em 2017 A lista de finalistas do London Book Fair International Excellence Awards 2019 foi anunciada, com os EUA liderando com cinco indicações, seguidas de perto pelo Brasil e pela Índia, com três cada - e 26 países representados. Os prêmios, realizados em parceria com a UK Publishers Association (PA), celebram o sucesso editorial em dezessete categorias, representando os melhores embaixadores de publicação, publicações inovadoras e iniciativas inovadoras do setor. Em cada categoria de premiação, o painel de jurados era formado por especialistas do setor. O novo Prêmio Internacional dedicado a jornalistas que cobrem o setor conta com a indicação do editor do PublishNews, Leonardo Neto, como finalista. Concorrem com ele Anja Sieg, do Buchreport (Alemanha) e Porter Anderson, do Publishing Perspectives (EUA). "Quero agradecer pela confiança que o time do PublishNews depositou em mim; agradecer enormemente àqueles que me indicaram para o prêmio e agradecer ao júri pela escolha”, disse Neto em reportagem do PublishNews. BVL também concorre ao Prêmio A Biblioteca Parque Villa-Lobos disputa a premiação com bibliotecas da Finlândia (Espoo City Library) e da Zâmbia (Lubuto Library Partners). No ano passado, a Biblioteca de São Paulo (BSP), instituição da Secretaria também gerida pela SP Leituras, concorreu na mesma categoria. “Estarmos mais uma vez entre os finalistas deste importante prêmio demonstra que trilhamos o caminho certo. É um importante reconhecimento internacional que reforça o nosso papel de biblioteca cidadã e contemporânea, aberta à diversidade, tanto em acervo, quanto em programação e comunidades atendidas”, ressalta Pierre André Ruprecht, diretor executivo da SP Leituras. Dois aspectos foram relevantes para a escolha: a pluralidade dos serviços e programas desenvolvidos, em conexão com a leitura e o conhecimento, e a revitalização do espaço público, com resgate da cidadania da comunidade do entorno e integração entre equipamento cultural e parque urbano. O resultado será anunciado no dia 12 de março, em Londres, durante a London Book Fair, uma das mais importantes feiras de livros do mundo. Estamos na torcida!



Você também pode gostar