Notícias
< voltar

A leitura como vínculo, prazer e aprendizado

15/05/2019

A leitura como vínculo, prazer e aprendizado

Em sintonia com a proposta do programa Leia para uma Criança, o MOOC pretende incentivar praticas de leitura do adulto para e com as crianças como uma oportunidade de fortalecimento dos vínculos afetivos e da participação ativa na educação desde a primeira infância. E, deste modo, ampliar e democratizar as oportunidades de acesso à cultura das crianças brasileiras A primeira infância, compreendida entre 0 e 6 anos, é um período decisivo para a formação integral da pessoa. Neste processo formativo, a palavra assume um papel decisivo, pois é na linguagem e pela linguagem que a criança se constitui para si, para o outro e para o mundo. Em todas as culturas, as crianças se reconhecem, compreendem tempos e espaços, criam vínculos e constroem memórias afetivas por meio da palavra. E é enquanto sujeito de linguagem, que o direito à leitura, à literária, à palavra e a outros bens culturais deve promovido e ser garantido. A promoção da leitura e da literatura como bem cultural é são alicerces para a aquisição da linguagem, para o domínio da língua, para a constituição da identidade e a construção do conhecimento. Ao apresentar a linguagem poética, as histórias e personagens às crianças, a literatura exerce um papel fundamental na construção de significados. As crianças passam a usar a imaginação, a criatividade e a empatia para lidar com sentimentos e emoções, enriquecendo e ampliando suas experiências com os outros e com ela mesma. Porém, apesar da leitura ser esta prática de caráter social social, cultural, e de formação estrutural decisiva, ela não é igualmente compartilhada entre as crianças brasileiras. Em sintonia com a proposta do programa Leia para uma Criança, o MOOC pretende incentivar praticas de leitura do adulto para e com as crianças como uma oportunidade de fortalecimento dos vínculos afetivos e da participação ativa na educação desde a primeira infância. E, deste modo, ampliar e democratizar as oportunidades de acesso à cultura das crianças brasileiras. Esta formação tem como um de seus propósitos inspirar a formação de novos mediadores e ajudar àqueles que já leem para crianças a pensar e aprimorar suas práticas. Nestes encontros, vamos compartilhar algumas questões-chave para pensar o papel do mediador na formação dos pequenos leitores: o papel da leitura e da literatura; a importância da arte e da poesia, do brincar e da voz e das palavras nas infâncias e o papel fundamental do mediador como ponte entre os leitores e os livros. Durante as 4 semanas de duração deste curso, vamos percorrer um caminho, durante o qual, vamos refletir, discutir, ler, e implementar algumas das habilidades de cada um como leitores e como mediadores. De maneira a instrumentalizar, dar referências, ampliar o repertório de leituras ,conectar pessoas, criar redes de aprendizagem coletiva, contribuindo assim para um aprimoramento das praticas de mediação. Esta é uma iniciativa da Fundação Itaú Social, em colaboração com o Laboratório Emília de Formação e a Revista Emília, com a ideia de criar um espaço de aprendizagem continua, bem como de compartilhamento de experiências inspiradoras e de promoção de intercâmbios e reflexões. Esperamos que este curso seja uma inspiração para futuros encontros literários e que as crianças brasileiras vivam lindas histórias com os livros! Fonte: Laboratório Emilia de Formação



Você também pode gostar