Notícias
< voltar

Prêmio IPL 2019: bibliotecas finalistas

05/11/2019

Prêmio IPL 2019: bibliotecas finalistas

Categoria com maior número de inscritos no Prêmio IPL teve representantes de bibliotecas públicas, comunitárias e escolares e se destacou pela pluralidade de abordagens e públicos atendidos A categoria com o maior número de inscrições na edição de 2019 (ultrapassamos 100 inscritos) do Prêmio IPL foi também a que recebeu dois finalista a mais do que as outras categorias. "Temos, na realidade, três categorias em uma (escolares, comunitárias e públicas) e precisamos contemplar todas elas. Então, achamos melhor levar dois projetos a mais para a etapa do juri", diz Renata Costa, da consultoria Palavralida, membro da comissão de avaliadores. Nesta edição, as bibliotecas escolares puderam se inscrever para o Prêmio, o que não aconteceu nos anos anteriores. Dentre os inscritos da categoria, as bibliotecas escolares representaram 39% do total. "As bibliotecas escolares se destacaram e aproveitaram essa oportunidade para chamar atenção das pessoas sobre os trabalhos que realizam, foi um movimento bem significativo", explica Renata. Mesmo assim, segundo os avaliadores, foi muito difícil ficar somente com doze, e deixar projetos inspiradores e de muita qualidade de fora! Na lista, há bibliotecas públicas, comunitárias e escolares das cinco regiões do Brasil!  O IPL apresenta as bibliotecas finalistas do Prêmio IPL Retratos da Leitura de 2019: A Biblioteca Pública de Lagoa Santa e a Democratização da Leitura para a Pessoa com Deficiência Visual – (MG) Biblioteca é responsável por promover um acervo em braille, consumido por um público de todas as idades. Biblioteca Comunitária Casa Azul – (RJ)  Parceira da Festa Literária de Paraty, a biblioteca é hoje um dos principais centros culturais da cidade, contando com um acervo de 12 mil títulos. Biblioteca Comunitária em Ação – (MG)  Na cidade mineira de Santa Luzia, a biblioteca comunitária tornou-se referência na promoção de atividades culturais e entretenimento para os moradores. Biblioteca Comunitária Santa Rosa – (AC)  Biblioteca tornou-se responsável por diminuir índices de evasão escolar e aumentar classificação de desempenho da escola que a utiliza. Biblioteca Itinerante Estevão de Mendonça – (MT)  No Mato Grosso, extensão da biblioteca pública da cidade faz trabalho itinerante entre bairros mais afastados e cidades do interior.  Clube do Livro – (SP)  Curitiba Lê – (PR)  Composto por um conjunto de iniciativas de fomento, difusão e formação na área de leitura e literatura, o projeto se articula em diferentes espaços e é organizado através do trabalho de diferentes participantes.  Feira de Troca de Livros da Escola Estadual Prof. Inah de Melo – (SP)  Em Santo André, projeto iniciado dentro da sala de aula, hoje atinge os entornos da escola promovendo uma circulação de exemplares entre toda a comunidade. Libris – Laboratório do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca – (GO)  Em Goiânia, a biblioteca-laboratório funciona tanto como local de empréstimo e consulta de acervo quanto campo de experiências pedagógicas para alunos de Biblioteconomia e Pedagogia da UFG. Programa Arte, Leitura e Cultura: Uma Bela Mistura! – (MT)  Único equipamento cultural da cidade, a biblioteca municipal da cidade de Juína, no Mato Grosso, promove atividades tanto dentro quanto fora de seus muros.  Programa Sombrinha literária – (CE)  Surgido nas instalações de uma biblioteca na periferia de Fortaleza, o projeto promove a transculturalidade de diversas linguagens e agências literárias. Protagonismo Literário Dentro e Fora da Escola – (RN) Biblioteca que leva o nome do poeta Vinícius de Moraes passou a desenvolver projetos de leitura com o objetivo de aumentar seus índices no IDEB. 



Você também pode gostar