Notícias
< voltar

Entre livros e revistas crianças aprendem a gostar de ler

18/06/2018

Entre livros e revistas crianças aprendem a gostar de ler

Projeto singelo desenvolvido por funcionárias da Estação Literária de Guararema, em São Paulo, permite aos visitantes conhecer o acervo do espaço por meio de uma brincadeira de caça ao tesouro Há alguns anos, Beatriz Avila Santana e Luciana Rodrigues Oliveira andavam preocupadas com a dificuldade que estavam tendo em envolver crianças e jovens em atividades relacionadas à leitura na estação Literária de Guararema, no interior de São Paulo. Eventos como rodas de leitura e contação de histórias não atraiam o público para o espaço. Diante desse cenário, as funcionárias da biblioteca passaram a desenvolver atividades acessórias à leitura; com o intuito de despertar o interesse do público, aguçar sua curiosidade e, obviamente, evidenciar os livros. Além disso, era necessário estimular e ensinar o uso da base de dados ao público; ensinar a localizar os materiais na biblioteca a partir da classificação CDD e apresentar os materiais disponíveis no acervo. Todas essas demandas foram resolvidas por meio da realização periódica de uma brincadeira conhecida em todo o mundo: a caça ao Tesouro. Para quem não conhece, trata-se de uma atividade lúdica que, por meio de uma competição divertida e animada, consiste na busca de pistas ou enigmas que direcionam até um “tesouro”. A Estação Literária de Guararema, adaptou a atividade para ser brincada dentro do espaço da biblioteca; as regras são as mesmas, porém as pistas estão escondidas dentro de livros, revistas, DVDs e todos os materiais que o acervo possui. Como funciona a brincadeira na Estação Literária Os participantes são divididos conforme sua faixa etária: de 7 a 9 anos; de 10 a 12 anos e acima de 13 anos. Cada faixa etária possui um nível de dificuldade para que todos possam competir de maneira adequada. A brincadeira possui ao todo 10 pistas, que abrangem todos os tipos de obra do acervo (livro, revista, DVDs, livro em braile etc.) e os enigmas fazem referência a esses materiais; portanto, o conteúdo das pistas está relacionado aos autores, suas obras, aos títulos e reportagens das revistas e quadrinhos etc. Para desvendar os enigmas, os participantes podem utilizar a internet e os buscadores on-line como, Google, Yahoo, Bing e etc. Dessa maneira, é possível orientá-los a como buscar informações na internet e quais sites podem ser usados como referência. Por meio da competição é possível ensinar a todos, de maneira descontraída e divertida, como localizar um material e demonstrar todos os recursos que a base de dados possui. Para saber mais sobre o projeto, acesse a página do Facebook da Estação Literária Guararema aqui.



Você também pode gostar